Olhos-estrela - Tiemi Yamasaki


Emma e Dexter, em "Um Dia"



Ouço aquela música tocando no rádio
E, de alguma forma, ela soa como se 
a sua voz estivesse cantando pra mim
naquela noite de Agosto, quando as estrelas no céu
brilhavam tão intensamente.
Mas não tanto quanto os seus olhos
Os seus olhos apaixonados
que diziam para mim que tudo estava bem
Você sabia das inúmeras tempestades do meu coração
E me protegia com a sua presença, com os seus ouvidos
atentos prontos para me ouvir
Disparava risos contra a muralha que eu havia construído
E eu sabia que tudo estava bem
Porque nunca ninguém tinha me olhado daquela forma antes
Não era o olhar que deseja um corpo
Não era o olhar que vê superficialmente
Não era o olhar que busca alguma coisa
Era um olhar que fazia com que eu me sentisse preciosa
e, maravilhosa, sendo eu mesma
Ouvindo a música no rádio
Eu te sinto aqui
Mesmo que esteja tão distante
Eu sinto tanto a sua falta
que te chamo o tempo todo com o meu coração
E espalharia minhas palavras e minhas lembranças ao 
vento
para que te tocassem
Eu abriria seus olhos e faria você se ver
como eu vejo
Talvez tudo o que eu sinta fique apenas aqui
e não mude o enredo da história
Mas não importa
porque tudo isso ficou
e é o bastante pra me fazer perceber que sou importante
E que a vida as vezes traz algumas estrelas para 
perto de quem as ama.

- T. Yamasaki