Wish Upon A Star

Hi my lovely readers! Fiz um poeminha em inglês! :)






Sugestão de música:



One day I made a wish upon a star
I asked for softness because of my intense heart
The moment when I closed my window and took a deep breath
I felt myself so sad
I thought that the universe was conspiring against me
But then something held my attention. I was so deep.
There were photos on the bed
Each photograph made me laugh
My friends were smiling by my side. 
That was the moment that I realized 
How lucky I was
My intense heart became so calm as that magic stars

- Tiemi Yamasaki

Corte - Tiemi Yamasaki




Obs: Essa poesia foi feita para uma amiga muito querida e postada originalmente no meu outro blog "1 página de cada vez".


Mais um dia.
Ela levanta e vai (sobre)viver.
Se alimenta de dor
ela se delicia com o banquete de dor
Não está certo ficar bem, pensa 
por que não, flor?
Da flor aprecia o doce aroma
mas prefere passar seus dedos nos espinhos
seu coração sangra 
e ela quer ver aquele sangue simbolizado, materializado
Ela não quer ficar mal
Ela quer ser 
Ela quer ser o que é
Mas o que é a deixa mal por estar mal por não estar mal
paradoxo
por que eu me sinto assim? ralha consigo mesma
oh menina não faça tantas perguntas
ela não gosta do que é
não gostou de ser melancolia, até mesmo enquanto ria
não gostou da pontada-facada de tristeza corroendo seu peito
suas entranhas
aquele pensamento devastador, aquela vontade de se ferir
ela não gosta de ter que estar mal
eu mesma a mim sou fatal, conclui
mas é essa rejeição contra si que envenena sua alma
calma
c
  a
     l
       m
           a
n
  a

a
  l
    m
        a
Tudo voa na sua mente em rebelião
há gritos dentro de seu coração
gritos abafados, gritos silenciosos
 S O L T E A S U A                               V             o z
ouça a sua agonia
respire
(pre)encha o seu vazio com 500 ml de si mesma
com amor, amor por si
cuida de ti, menina
quando sentires vontade de se ferir
cuida de ti
abrace-se 
faça carinho em si
beije a ponta do seu dedo
e diga bem alto
VOU CUIDAR DE MIM
você mesma se fere
para o OUTRO não te ferir
deixa menina
a relação fluir
cuida de si
Não tem porque sempre estar mal
qual o sentido afinal?
apenas viva cada emoção
felicidade e dor vêm em erupção
ao invés de passar o estilete em sua pele-papel
passe a caneta ou o pincel
numa folha em branco
fira a folha
como se ferisse a si mesma
e agora
PARE.
sinta como é machucar você mesma através dessa folha
continua sendo prazeroso?
Ela olha, observa, sente
é isso o que eu faço com a minha mente? 
É isso o que eu faço com a minha pele-armadura?
ama ama e tira a atadura
percebes agora o que tem feito a ti?
não se sinta culpada por estar feliz
a felicidade brota do coração por algum motivo, razão
por trabalho árduo, por espontaneidade, por pressentimento
deixe ela te acompanhar até o momento
momento natural de transição da alegria para a melancolia
não provoque a dor antes do tempo
senão vai bagunçar tudo, todo o firmamento
você tem DIREITO de se sentir bem
DECRETO Nº 7: todos tem o direito de se sentir bem  12 horas por dia, no mínimo
Menina moça mulher
pegue o estilete e mate
mate o seu antigo eu
tome as rédeas
diga o adeus
faça renascer uma nova pessoa
viver para sempre de dor não te levará a lugar algum
enjoa, perturba, mas a alma perdoa
só você pode por fim nessa patifaria
há uma versão de si chamada alegria
quando sentir vontade de se ferir, 
SORRIA
- Tiemi Yamasaki

Na morada


Sugestão de música para o texto:







Ás vezes, você sabe a verdade
aquela que, bem no fundo do seu coração, grita
aquele sentimento que transborda através dos seus atos
mas que você insiste em calar com a razão
mas nem mesmo a razão você consegue explicar
A falta de palavras diz muita coisa
Você consegue ouvir o silêncio?
É um silêncio gritante
Você não se move
Por que suas pernas não vão de encontro ao que você quer?
Por que você não se deixa levar?
Por que não se permite?
Você tem medo
Sente medo de abrir seu coração por completo
medo de ficar exposto
medo de amar
medo de ser amado
porque você conhece os danos que um amor pode causar
Aquela última vez te deixou devastado, não é mesmo?
Como uma criança que enfia o dedo na tomada
e toma um choque
você tem medo de dizer "sim" novamente para os seus sentimentos
Como poderia amar se sente tanto medo de cair?
Como ser corajoso?
Mas você a vê ali sentada sozinha olhando para o nada
e sabe que ela está enxergando tudo, todas as estrelas
mais brilhantes
Não as do céu
Mas as de dentro do peito
Você a vê e seus muros desabam
suas dúvidas, apenas por um momento, se dissolvem 
naquele sorriso
E você sente vontade de permanecer ao lado dela
para sempre
e mais um dia
porque aquilo tudo parece tão certo
todos os planetas alinhados
todos os obstáculos ultrapassados
todo o céu abraçando você e ela
Não há complicações
Não há dor
trauma
Não há inferno algum que perturbe
aquele momento
Você sabe que está remando contra a maré
e o medo de se afogar tenta te fazer recuar
mas toda a força necessária para 
ir contra todos os "nãos"
vem daquele olhar tão cheio de ternura
que te traz a certeza de que está no lugar certo, na hora certa
e muito mais do que isso
o som do riso dela faz você se sentir feliz
apenas por ser você mesmo
Não há pressa
Não há necessidade de estabelecer coisa alguma
Não é preciso que ninguém saiba
Não é necessário que haja uma definição
porque tudo isso escapa 
tudo isso é mais do que o clichê
do que o comum
Seu coração desabrigado
encontrou um lar
Não tenha medo
e se deixe ena(morar).

- Tiemi Yamasaki