Par(ti)r - Tiemi Yamasaki








Par(ti)r - Tiemi Yamasaki

Demorou para que eu me desse conta
Teimosa do jeito que sou, insisti (ainda que secretamente) até que se esgotassem todas as fontes de (ir)racionalidade que ainda faziam parte de mim
Num ato de r(existência), pus-me a travar uma luta contra todos os "nãos" e todas as provas concretas que ameaçavam o meu tão frágil coração 
Mas no fundo eu sabia 
Das minhas tentativas vazias, nada surgiria 
E no fim é só mais uma vez
Mais uma vez 
Eu repito para mim mesma
É só mais uma vez
Reúno em mim todas as forças 
E sei que estou bem
É só mais uma vez
No fim, eu sempre tenho a mim
Todas as outras vezes me fizeram ter esse encontro
Entre eu e eu mesma 
E eu tenho certeza que vou ficar bem
Porque todas as vezes em que a frustração se pôs em meu caminho
Descobri um jeito de recomeçar 
Descobri que havia um novo caminho para trilhar
Como uma estrela
Brilhante, distante e solitária 
É assim que eu sou
É tempo de pegar as malas e partir
Talvez quando chegar, você não me encontre mais aqui
Todo mundo, no fundo, sabe quando é hora de parar... de deixar o vento levar
Mesmo eu que sou taurina e teimosa 
É só mais uma vez
O medo e as cicatrizes me ajudam a lembrar onde não devo pisar
Onde não é bom eu me aprofundar 
Talvez seja tempo de abandonar a dúvida
e abrir as portas para a certeza.