Letters* Viajante Incessante

Me deixe... me deixe aqui deitada em minha cama tendo uma overdose de pensamentos.
Me deixe aproveitar esse sentimento que é só meu e de mais ninguém. Me deixe sentir a alegria de poder viver em meu próprio corpo.
Cara, ninguém tem ideia do que eu sou, ninguém sabe muita coisa sobre a minha vida. Cada pessoa tem apenas o conhecimento sobre uma pequena parte da imensidão de fatos e atos que me compõem. 
O que você sabe sobre mim? Ou melhor... o que pensa que sabe?
O ser humano é algo complexo e pode surpreender...
Sei que ninguém quer saber da minha vida e até agora ninguém se interessou o bastante a ponto de querer me desvendar... É por isso que eu dou um imenso sorriso e gargalho diante do mundo: sou um mistério preservado.
Então, eu coloco meus fones de ouvido e canto alto aquela música que me deixa contente, embora a letra não expresse em nada o que estou sentindo.
Eu enrolo os dedos em meu cabelo macio e penso, penso, penso.
Eu planejo milhares de rotas, imagino coisas que ah... eu nem sei. Com os pés descalços, eu começo a dançar como uma criança enérgica... Por esse momento, eu aproveito a vida.
Caramba, quanta coisa eu já enfrentei! Sinto orgulho de mim. Aqui estou eu, sozinha, admirando as constelações desse céu infinito que a mim parece abrigo, imensidão que me abraça com uma lua minguante-sorriso.
Como é bom poder estar aqui. Eu rabisco palavras carregadas com pequenos átomos de mim, num caderno brilhante amarrado com fita de cetim. 
Ah que alívio eu sinto ao poder desabafar... 
Sem ensaio, eu começo a cantar... faltam os acordes, mas de qualquer forma, penso eu, não pretendo acordar.
Quero continuar a navegar nesse mar de paz, dentro do meu oceano particular.
E.. sinto muito, por enquanto, não há vagas, ninguém pode entrar.

- Thaís Tiemi Yamasaki, num momento de inspiração rs

Anime* Kaichou Wa Maid-Sama

Yooo minna! Programei escrever esse post há muito tempo, porém, só consegui escrevê-lo agora rs.
Vim falar sobre o maravilhoso anime Kaichou Wa Maid-Sama!


Sinopse
 Ayuzawa Misaki é a presidente do conselho estudantil do colégio Seika, uma escola antes masculina e que agora é mista. Ou seja, quase todos são garotos. E para proteger as garotas, ela briga com os garotos todos os dias. Por outro lado, Misa secretamente trabalha num Café. O que acontecerá quando o garoto mais popular da escola, Usui Takumi, descobrir esse segredo?Fonte: Adaptado - Animeq


Para início de conversa rs, devo dizer que Kaichou é um shoujo bem diferente do último que eu havia assistido (Kimi ni Todoke).  O anime não apresenta enredo lento e meloso (ok ok rs.. digamos, delicado), como os shoujos costumam apresentar, ponto positivo.. que me fez continuar assistindo. Foi ótimo descobrir que se trata de uma comédia romântica, com uma protagonista  durona, forte, ativa, determinada e bem reservada (o contrário de algumas personagens delicadas e passivas), adorei esse fato porque me identifiquei bastante com ela! Eu estava numa fase em que só via shounen, pois adoro ação e aventura, meio cansada de romances rs. Mas me indicaram Kaichou e eu resolvi conferir!


O anime tem apenas 26 episódios =( devia ter muito mais! Cada episódio traz um novo dilema super engraçado! A Misa tem um jeito incrível, é o tipo de personagem cativante que te inspira. Ela é toda certinha e não tem medo de botar os garotos do colégio na linha, se for preciso ela até dá umas pancadas neles rs (não que eu seja a favor da violência, longe disso.. hehe). Porém, quando não está na escola, sua vida muda totalmente, já que a moça tem que trabalhar num Maid-Café, de modo a ajudar nas despesas de casa. O que me fez admirá-la ainda mais. Para quem não sabe, os Maid-Cafés são muito populares no Japão, trata-se de uma espécie de lanchonete onde as jovens atendentes se vestem como empregadas de nobres ricos, sendo os clientes realmente tratados como se fossem seus patrões. Tanto é que a frase que mais ouvi no anime foi: "Okairi goshujinsama" (seja bem vindo, meu senhor), esse negócio não saiu da minha cabeça até agora x_x
Enfim, ninguém da escola pode descobrir que a correta e exemplar Kaichou (chefe, presidente) é também uma maid. Só que... os ventos acabam fazendo com que uma pessoa descubra a outra identidade de Misa!
No começo, meu cérebro identificou o Usui como o garoto esnobe popular  e mulherengo que deve se ferrar. No entanto.. eu não poderia estar mais enganada! Acabei me encantando por ele rs!
O que será que ele faz quando descobre o segredo de Misa???
Isso só assistindo para saber hehe xD Mas posso garantir que esse anime é MARAVILHOSO! Um dos melhores que já vi!
A relação entre a Misa e o Usui é muito divertida kkkkk só de lembrar, sinto vontade de rir.
SPOILERzinho: ele é muito besta kkk fica provocando-a, ao passo que ela o xinga de: alien pervertido do planeta feromônios! Mas no fundo, nosso protagonista é muito fofo!
O final é perfeito! Sentirei muita saudade da minha diva Misa e do lindo maravilhoso e fofo Usui rs!
Ainda bem que ainda tem os mangás para eu ler!
Abro um parenteses aqui para dizer o quão engraçado é se ver em uma personagem! A Misa é mesmo uma tsundere (Tsundere (ツンデレ) é um termo japonês para uma personalidade que é inicialmente agressiva, que alterna com uma outra mais amável. Tsundere é uma combinação de duas palavras, tsuntsun (ツンツン) e deredere (デレデレ). Tsuntsun é a onomatopeia para "frio, brusco", e deredere significa "tornar-se amável/amoroso" - ou seja, é uma pessoa que é durona por fora, mas por dentro é meiga, gentil e esforçada), ela parece calma.. mas na verdade é uma fera ou vice-versa.
Bem lá no fundo, o que usamos é uma armadura que pode ser facilmente destrancada, se usarem a chave certa.., porém, quando pisam em nosso calo... a coisa pode ficar feia de verdade rs. A protagonista tenta manter sua postura (teimoosa) e esconder seus sentimentos, mas não consegue rs (nem vou falar nada, porque sou igual).
Adianto que estou terminando de ver Sukitte ii na Yo e... esse anime é o oposto de Kaichou! Aguardem a resenha e não deixem de assistir Maid-Sama! ;)




Assista (AQUI)

O ending que não paro de ouvir:



Em breve postarei prints das minhas cenas preferidas!
Ahhh e deixo aqui páginas do Face que recomendo para quem gosta de animes .-.
- Melhor dos Animes
- Garotas que curtem Animes
- Fãs de Animes e Cultura Oriental 

Meu primeiro selinho!

Hi,  my lovely friends! Dia desses, a Valéria do Garota Sonhadora me causou uma tremenda alegria: me concedeu o meu primeiro selinho *-* (arigatou, Va!).
Demorei para postar, mas aqui estou! Vamos às regrinhas:



* Postar o selo e dizer quem o enviou; 
* Dizer 7 coisas sobre mim; 
* Indicar outros 15 blogs para fazer o mesmo.



*7 coisas sobre mim*
♥ Faço faculdade de Letras, mas sou apaixonada pelos números! 
Meu intuito inicial era cursar Física, mas acabei indo para Letras, porque achei que seria mais viável para mim. Achei que não ia conseguir nada em Exatas, já que não havia feito cursinho. Porém, o contraditório é que na escola minhas maiores notas eram em Matemática e não em Língua Portuguesa. Amo ler, mas também sou louca por equações. Quem sabe eu não curso Física algum dia? Ou talvez engenharia de alimentos!
♥ Não como doces, fritura, massa e não bebo refrigerante
Isso acontece porque fiz reeducação alimentar em 2008 e, desde então, não consigo voltar a comer coisas super calóricas. Eu emagreci 20 quilos. Era bem gordinha! Fiquei traumatizada rs. Hoje, sou super natureba. Como pouco e só comidas saudáveis, mas acho que não comer nem um pouquinho de massa/fritura e doces pode prejudicar minha saúde. Já tentei, mas não consigo voltar a comer bolo, chocolate, macarrão e seus derivados.
♥ Sou descendente de japoneses
Meus avós por parte de pai vieram do Japão para o Brasil há muito tempo atrás! Meu pai é completamente japa, mas nasceu no Brasil. Sendo assim, eu sou sansei. Me orgulho muito disso! Também sou descendente de italianos (por parte de mãe), mas me identifico MUITO MAIS com o lado japonês.
♥ Morei no Japão por 6 anos
Pois é, fui para a terra do sol nascente com apenas 4 meses de idade e voltei aos 6, para começar a estudar aqui no Brasil. Visitei o Japão novamente, aos 8 anos. Meu pai mora lá! Sinto muita saudade do país, mas acho que prefiro morar no caloroso Brasil.
♥ Sou apaixonada por línguas
Adoro aprender idiomas (não é à toa que faço Letras hehe). Já estudei inglês, latim, francês e japonês. Sou fluente apenas em inglês, mas semestre que vem continuo com o francês e com o japonês. Espero ficar fluente logo!
♥ Escrevo em diários desde que eu tinha 14 anos
Dei uma parada agora, porque tenho escrito no blog, mas vira e mexe pego meu velho caderno e escrevo bastante.
♥ Levo uma vida de Amélie Poulain
Às vezes, acho que direciono a vida do jeito que a Amélie direciona. Quer saber como é? Leia o POST \o.


*Blogs
Terei que burlar a regra, porque não conheço tantos blogs e não converso muito com blogueiras rs (sou muito relapsa, às vezes). 
Então, quem quiser responder ao selinho, fique à vontade *-*

Frio e sensações

Hi, my lovely readers! Ontem, voltei de viagem! Já estou sentindo saudade dos meus tios. A semana na casa deles foi simplesmente MARAVILHOSA e me fez um grande bem.
Na terça-feira, fui almoçar no Shopping Tamboré e, lá, pude conhecer a filhinha do meu primo (ela é tão fofuxa) que não chorou quando eu a peguei no colo!
As minhas notas da faculdade já saíram e me alegrei com elas, embora não esteja satisfeita rs.
Eu realmente AMO o frio, mas devo dizer que ele quase me matou em Sampa! Aqui em Sumaré, o frio está congelante... porém, acho que  o tempo está melhor do que na capital.
Depois de arrumar minhas tranqueiras, eu fiquei o maior tempão sem fazer nada rs ô coisa boa!
Hoje, passei a tarde fazendo o curso da CAPES e depois fui à cabeleireira. 
Deu dó de cortar meu cabelo, mas ele estava detonado. Gostei do resultado (repicado, em V e com franjão). Amanhã, posto foto!
A tia e a prima da minha mãe vieram para a casa da minha avó, de manhã fui encontrá-las.
Agora de noite, eu me enfiei debaixo das cobertas e coloquei Suki-tte ii na yo para assistir. Já me estressei com algumas coisas (ai que raiva de uma b*tch que apareceu). Mas devo confessar que a protagonista é muito molenga (ela consegue me superar haha), me identifico bastante com ela... Já senti vontade de chorar, mas vou me controlar! Não estou podendo assistir romances, porém... é preciso enfrentá-los.
Diferentes sensações têm preenchido minha mente e meu coração..., também né.. muitas coisas aconteceram nesses últimos tempos, coisas que eu não mencionei aqui no blog.
Mas posso dizer que tem a ver com vida amorosa trágica e amizades prejudicadas. Há um ano atrás, ontem era um dos dias mais tristes da minha vida. Soube de uma notícia que me destruiu (a pessoa que eu mais amava postou que estava em um relacionamento sério, no face - longa história). É estranho olhar para o mesmo dia, um ano depois, e saber que tudo está bem de novo. Às vezes, coisas ruins acontecem para que coisas melhores possam vir à tona. Deus sabia o que estava fazendo! Hoje, eu entendo isso... Toda a dor foi necessária, mas passou  O 24 de Julho de 2013 foi um dia feliz e isso é o que importa.... Seguir sempre em frente! Através disso, percebi que nenhum sofrimento é eterno.
Atualmente, tenho lutado com todas as forças para não cair na tristeza... considerando que nunca me dou bem no campo afetivo.
Finalmente esqueci um alguém que eu amava demais e só me  fazia mal, finalmente tomei coragem e o excluí do face e da minha vida. Eu tinha achado outra pessoa, pensei que pudesse dar certo... porém, não deu (ok, de novo). As coisas terminaram com eu me ferrando, sendo humilhada pela pessoa que eu gostava e impedida de gostar da pessoa que havia aparecido. Daora a vida né? Confesso que me revoltei e fiquei muitíssimo triste, mas a vida segue. Estou exausta.. não tenho vontade nem de pensar sobre sentimentos.
Mas um dia a vida me surpreende novamente.
Pessoas vem e vão.
Minha melhor amiga encontrou um amor, fico muito feliz por ela, mas isso implica em nosso distanciamento. Afinal de contas, é complicado conciliar faculdade + trabalho + amigos + namorado + família. Tenho até dó dela, pois vejo que ela se esforça em se desdobrar para dar atenção pra todo mundo.
Eu entendo, mas sinto aquela dorzinha no peito.. por isso. 
Sinto-me mais sozinha do que nunca, mas ao mesmo tempo me sinto completa.
Isso é estranho, estou no auge da minha alegria... sem precisar de ninguém.
Eu podia escolher uma pessoa, mas não quero qualquer um. Comigo, as coisas não funcionam desse jeito.
Antes só do que mal acompanhada.
Nesse tempo sozinha, eu vou me construindo e fazendo as coisas que gosto.
Sabe... não importa se quase todo mundo já encontrou alguém e eu não. 
Não importa se eu vejo o amor se instalar na vida das pessoas, enquanto a dor se instala em mim.
Não importa se todos os caras que eu encontro, passam um tempo comigo e depois dizem: "ah tchau, eu estou gostando de outra pessoa." 
Não importa se eu pareço não me encaixar nesse mundo.
Pois eu sei que Deus quer me ver feliz... e Ele está me conduzindo até essa felicidade.
Algum dia, alguém que eu goste vai gostar de mim também.
Por enquanto, é só vazio... Vazio que eu vou preencher com o que eu sou.

E acabou o festival...

Hi, my lovely friends! Ontem não escrevi, porque estava morrendo de cansaço.
O segundo dia do festival foi bem mais produtivo que o primeiro!
Consegui ver apresentações de karatê, tirei foto com a Tsubasa *-* (consegui autógrafo também), tirei foto com o Mario e com o Luigi, vi muitas rodadas de Just Dance 4, vi vários cosplays, Darth Vader e alguns jedis também deram as caras por lá haha, conheci todos os produtos expostos (sério, eu rodei pelo evento umas 10 vezes) etc.
Ontem, fiz origami em tecido e oshibana.. preciso tirar foto para mostrar a vocês! 
Escrevi pedidos no tanzaku e já os pendurei no bambu, espero que funcione como sempre funcionou.
Descobri com é o meu nome em kanji e também o escrevi em hiragana (shodo). 
Fiquei extramente fascinada pelo Just Dance, eu realmente preciso de um kinect! Mas enquanto o dinheiro não entra haha, vou treinar as coreografias através de vídeos do Youtube.
Hoje eu fiquei andando pela feira novamente, mas confesso que já estava entediada rs, pois já havia visto tudo o que tinha para ver!
No entanto, andei por todos os espaços novamente e pude conferir coisas interessantes.
Havia muita gente em tudo quanto é canto, mas o meu local preferido era, sem dúvida, a parte de games e mangás! Fiquei o maior tempão jogando no Nintendo DS 3D!
Foi bem legal ver o pessoal do karatê e todos aqueles caras quebrando telhas com braço, mão e cabeça.
O festival acabou.. mas me rendeu muitíssimas coisas! Não apenas as peças que fiz nos workshops, mas a grande inspiração.
Percebi que há tantas coisas legais que podemos aprender! O melhor é que são todas coisas extremamente saudáveis!
A arte, o esporte, a dança, a cultura... tudo isso me deixou fascinada.
Seguem algumas fotos que tirei no evento!








Origami em tecido

Há mais fotos para colocar! Quem quiser ver outras é só acessar o álbum no meu Face (está aberto). 

1 º dia de Festival

Hi, my lovely readers! Hoje foi o first day do festival do Japão.
Tive um pouco de dor de cabeça por conta do fato de eu não ter credenciais para entrar. 
But, eu consegui um cartão provisório \o fiquei com medo da funcionária perder meu passe escolar (porque foi o Ó conseguir tirá-lo: obrigada Unicamp por extraviar meus xerox de documentos). Chegando lá, ajudei o pessoal a organizar o estande, vi a Tsubasa de pertinho, mas não tive coragem de pedir para tirar foto, afinal de contas...ela estava rodeada de funcionários e seguranças.
A primeira coisa que fiz foi aprender etegami com a minha tia. Noossa, como foi difícil! Mas até que não ficou tão ruim assim, eu gostei bastante da experiência.
Depois eu fui andar pelo local, espiando os vários estandes.
Quase surtei diante dos inúmeros mangás de uma loja, como estou com meu patrimônio líquido zerado, comprei apenas o último exemplar de Card Captor Sakura (por ape-penas R$ 2,00). Só que a minha vontade era levar todos de Naruto, Kaichou, Soul Eater, Rurouni Kenshin, Bleach etc.
Assisti a dois mini-documentários muito interessantes sobre a imigração japonesa. O Bradesco que os promoveu. Um era sobre as mulheres japonesas e suas descendentes e o outro sobre um grupo de pessoas que moravam nas colônias japonesas, no interior, e a relação deles com o cinema. Estes filmes são relíquias, pois datam de uma época em que eu nem pensava em nascer.
Passei o maior tempão vendo o Robocon 2013! Que negócio awesome! Era uma competição de projetos de mecatrônica (feito por estudantes de universidades do mundo inteiro). Os grupos deviam levar objetos até um recipiente, através de um trator com controle remoto (uma espécie de Indiana Jones da robótica). Eu gravei um vídeo, vou deixá-lo aqui! Me encantei com aquilo rs, talvez algum dia eu faça Engenharia Mecatrônica. Tirei foto de uma lolita! Ai que kawaii, eu gostaria de me ver nesse estilo.. porém, acho que não cairia muito bem.
Também pude assistir uma maravilhosa apresentação de taiko! Fiquei morrendo de vontade de aprender essa arte tão bela.
Bom, por hoje foi isso que eu fiz! Infelizmente tive que ir embora mais cedo, mas amanhã aproveitarei muito mais!
Aguardem!
É extremamente fascinante estar em um ambiente como este festival, pois graças a ele, consigo entrar em contato com parte do que eu sou. Mergulho no oceano japonês e reencontro partes de mim mesma. Ouvir músicas, assistir apresentações, ver objetos, ingerir comidas, ver pessoas, aprender arte japonesas é algo que me causa muita alegria, pois sei que tudo isso faz parte da minha história. Eu cresci no Japão, minha formação inicial se deu lá, afinal, foi em tal lugar que passei toda a minha primeira infância. Infelizmente, minhas relações com o Japão foram diminuídas, porque voltei ao Brasil e fiquei apenas com meus parentes descendentes de italianos.
Mas eu sempre me senti um peixinho fora d'água, alguma coisa estava errada... Fui percebendo aos poucos que eu sentia falta da cultura japonesa. É com ela que eu me identifico mais.
Graças a Deus, estou resgatando essa parte de mim! Por isso digo que é tempo de uma transformação muito grande na minha vida.
Quando nossos pensamentos mudam, toda a nossa vida muda também.
Pedi a Deus que me orientasse nessa missão de me tornar uma pessoa melhor, e Ele, como sempre, está me ajudando muito.
Antes de eu conseguir uma das coisas que mais quero, era preciso que eu ME achasse.
O povo do meu face já deve estar de saco cheio de tanto que eu posto coisas relacionadas à cultura japonesa... haha. Mas é isso o que estou vivendo agora!
O cansaço chegou rs, preciso ir dormir! Até amanhã!



Lolita





Taiko

Minha pintura!


E aqui está o vídeo de uma das competições do Robocon:

video



Por trás do palco e outras descobertas

Hi, my lovely friends! 
Puxa vida, estou quebrada! Hoje acordei às 05:15 da manhã, pois precisava ir ajudar meus tios a organizarem o estande do Festival do Japão.
Demos carona para uma senhora muito simpática que faz aulas de etegami também. Acabou que meus tios e ela foram conversando em japonês o caminho inteiro... e eu... bem haha, fiquei moscando! Entendi pouquíssima coisa! Mas gosto bastante de ouvir o idioma, assim ele vai entrando na minha mente.
Minha cabeça já estava uma loucura só rs! 
Chegando no espaço onde será o festival, fomos organizar o estande. É realmente interessante ver como funciona o processo de montagem de um evento tão grande quanto este.
Quem vai para o festival e o vê todo pronto, não tem ideia do quão trabalhoso é deixar tudo em perfeito estado para receber os visitantes.
Foi um prazer ajudar todas as senhoras do etegami! As pinturas são extremamente LINDAS! Fiquei babando diante dos enfeites, cartões, bolsas, porta-hashis etc. 
O almoço foi uma delícia: sushi e oniguiri! Não comi pão com mortadela ou esfirra, pois não estou afim de engordar (eu e minha neura).
Dei umas voltas pelo lugar, mas não havia muita coisa para ver.
Diante de nós, estavam montando o estande da Tsubasa *-* Mal posso esperar para ver o show dela.
Depois de ficarmos lá um tempão (eu só ouvindo um monte de gente falando japonês rs, o que achei incrível), voltei para a casa dos meus tios.. morrendo de sono.
Fui na Associação Japonesa e consegui comprar meus três ingressos para o Festival yeey!
Tirei algumas fotos, mas só vou postar todas quando chegar em Sumaré (porque lá tenho meus programas de edição de fotografia). 
Nesse meio tempo, troquei sms a torto e a direito com a Pam!
Recebi a nota da disciplina de Escrita e Oralidade, fiquei contente com meu desempenho (embora não esteja satisfeita, acho que eu poderia ter feito melhor).
Também li o e-mail da minha linda professora (agora orientadora) super feliz, pois voltaremos a trabalhar juntas! Serei, mais uma vez, apoio didático da disciplina de Leitura e Escrita :)
Semestre que vem, estarei ferrada.. mas ok, é desse jeito que eu gosto!
Venham aproveitar o Festival amanhã, pessoal! Haverá muitas atrações!
Quero ver os cosplays e os estandes de animes/mangás/jogos! 
Falando nisso, estou vendo um anime bem legal: Suki-tte ii na yo! Ahh e logo menos, posto a resenha de Kaichou wa maid-sama!
Consegui encontrar uma relíquia de família! Achei as listas de passageiros dos navios em que meu avô e avó vieram do Japão (meu Deus, quantos plurais na mesma frase!). Foi tão emocionante!! Quero reconstruir o passado da família e conhecer mais sobre minha própria "identidade".
Bom, já vou indo... Amanhã é dia de andar e "carpir o dia" (Carpe Diem) hahaha
Hasta la vista!








Transformando tudo!

Hi, my lovely readers! Deu a louca em mim! Resolvi transformar tudo em minha vida e, consequentemente, o blog também rs.
Hoje é o primeiro dia da saga "mudando a minha vida" e, para começar beem... estou em um lugar que não é a minha casa!
Cheguei a São Paulo, neste fim de tarde. Creio que esse será o cenário perfeito para o início da minha nova vida.
Usarei a função-mor do blog para me ajudar nisso, isto é, relatarei meus dias nele! Espero que vocês gostem rs! É claro que não ficarei centrada na minha rotina, também continuarei a postar sobre tudo o que postava antes, a diferença é que vocês acompanharão mais o meu cotidiano (ou não né rs).
Recentemente, fiquei inspirada a fazer isso ao ler o blog de um amigo... É tão legal ler sobre o dia-a-dia dele rs, isso me fez lembrar dos meus diários (sim, aqueles feitos no papel mesmo), fazem séculos que não relato meu dia! E.. poxa, nos últimos tempos tantas coisas aconteceram! Coisas que poderiam ser.. woow, capítulos de novela com grande audiência, capítulos decisivos para minha história.
Comecemos por hoje...
Eu acordei cedo e fui arrumar minhas coisas para a viagem, também li alguns blogs e decidi que quero pintar meu cabelo de vermelho cereja.
Conversei no face, abracei minha mãe e irmã, fiquei moscando na casa...
Minha family foi me levar no ponto de ônibus e eu senti aquela dorzinha no coração de ter que deixá-la.
Mas eu sentia que devia partir para uma nova aventura na cidade grande, algo me esperava.
Tive o azar (ou sorte) de pegar um grande trânsito na rodovia, mas fiquei ouvindo minha playlist majoritariamente japonesa haha e também li um pouco.
Saí de Sumaré às 14:30 e cheguei em Sampa às 17:30!
Desci do ônibus e rumei até a estação de metrô, sorte que eu tinha um bilhete guardado e não precisei enfrentar fila.
Passei na catraca errada - mico do dia (pior que o Sr. Weasley em HP5). 
Cheguei na Liberdade e notei olhares que se concentravam em mim, pois é, os caras piram na minha camiseta diva de Soul Eater!
O tempo estava fechado, o cenário estava escuro... Corri até o apartamento dos meus tios e fiquei  batendo papo com a síndica do prédio haha (super simpática ela).
Tomei um belo banho, conversei bastante com o tio e a tia e jantei maravilhosas comidas japas!!



Tive que acessar a internet... (eu tinha prometido pra mim mesma que me desligaria do mundo - fail).
Descobri que consegui a bolsa PAD da Unicamp!!! Só alegria! Não vejo a hora das aulas começarem, não aguento mais esse tédio mortal.
Amanhã terei que acordar bem cedo para ir ajudar o pessoal na organização do Festival do Japão!
Estou empolgada! Acho que essa festa será bem legal! Apareçam por lá :)
Estarei no estande do etegami! 
Sabe... eu já deveria estar dormindo. 
O Festival vai até o dia 21, divulgarei a cobertura completa sobre este aqui no blog!
Pretendo tirar muitas fotos e ver muitos shows (não posso perder o da Tsubasa!). Quero só ver essa embaixadora kawaii do Brasil!
Bom, tenho muito o que fazer e pensar! O que eu tenho a fazer? Dormir rs!
As coisas já começaram a acontecer, a mudança começa aqui... Uma nova Thaís está para surgir!
To be continued... 



Dorama* Hana Yori Dango Final

Hi, my lovely friends! Eu finalmente terminei de ver toda a saga de Hana Yori Dango! Weeeee \o/
Já tinha visto as duas temporadas do dorama, restava apenas o filme.. .eis aqui o que achei!

Sinopse
4 anos após o fim de Hana Yori Dango 2,  Tsukasa realiza uma grande conferência em um hotel para anunciar ao mundo seu casamento com Tsukushi dizendo ser ela a mulher que ele carrega no coração. Tsukushi, então, atrai a atenção de toda a imprensa. Depois disso, na casa de Doumyouji, acontece um encontro das família de Tsukushi e Tsukasa. Nesse encontro, a mãe de Tsukasa para firmar a união dos dois presenteia Tsukushi com uma tiara no valor de 10 bilhões de ienes, dizendo ser uma herança de família. Naquela noite, no hotel, um bandido invade o quarto onde os dois estão e rouba a tiara. Fingindo que nada aconteceu, Tsukasa decide ir atrás do bandido juntamente com Tsukushi para recuperar a tiara. Os dois chegam a ir a Las Vegas e Hong Kong em busca da tiara e inesperadamente acabam parando numa ilha deserta onde acabam descobrindo algo incrível! Será que os dois conseguirão superar tantos problemas e poderão se casar ainda?
Fonte: DramaFans


Foi muuito bom rever meus queridos personagens! Nossa, nem dá para reconhecer a mãe do Tsukasa haha, a ex-megera está numa bondade só!
Já comecei a rir desde o início, ao ver a imagem que o Tsukasa escolheu para divulgação do rosto da Tsukushi haaha. Ela ficou fula da vida (eu também ficaria rs)!
Bom, o filme começa com cenas dos dois nos USA, até que a somos transportados há algum tempo antes do acontecimento em questão.
A tiara roubada chama-se Sorriso de Vênus, reza a lenda que esta traz boa sorte ao casamento.
A missão do nosso querido casal é resgatar o objeto valioso a qualquer custo. Os dois enfrentam MUITAS dificuldades e, em meio a tudo isso, Makino questiona a si mesma se ela realmente deve se casar.
Eu senti muita raiva de tudo isso rs, sabe quando a pessoa quer arrumar problema onde não tem? Pois é. A protagonista é muito neurótica em relação a isso, eu não posso falar nadinha, porque sou igual!
Enfim, ela acaba deixando as dúvidas e pensamentos negativos invadirem sua mente... porém, conhecendo o Tsukasa como conhecemos, sabemos que ele não vai deixar isso barato hehe.
Desde o início, os pais de ambos começam a perguntar: será que esse casamento vai dar certo mesmo? Será que a Tsukushi é a mulher certa para o Tsukasa e vice-versa?
Putz, tem que casar para descobrir né?? Carambola... fiquei muito fula, nessa parte! Ô mania de perfeccionismo... essa coisa de querer saber se tudo vai dar certo, se a combinação é perfeita... Nada nessa vida tem todas as garantias de que vai dar certo! Não é possível saber se uma combinação é boa, sem combinar os elementos antes! Anyway...rs acho que me exaltei né u.u
Só que nada acontece por acaso, os dois tem que enfrentar uma penca de desafios para descobrir se realmente aguentarão o casamento.
Há cenas divertidíssimas (a estrela é nosso querido Jun, como sempre *-*), especialmente a cena do hotel haha! Nunca vi o Tsukasa tão envergonhado!
O restante do pessoal do F4, como sempre, arrasa! Menção honrosa para o Rui divo que arrasou principalmente no final, quando desempenhou um certo papel hehe (SPOILER: mesmo de padre, ele fica lindão).
As aventuras do casal sempre rendem boas risadas, lágrimas e lições! SUPER recomendo! O final é incrível!

* A partir daqui, abrirei um pouco mais a boca rs*
Ai gentee, minha parte preferida foi com certeza a fase em que eles estão na ilha deserta! A Tsukushi está meio assim com o Tsukasa.. por conta dos pensamentos negativos, mas aos poucos ela vai percebendo que ele é realmente o homem da vida dela e, não apenas o riquinho metido a besta de antes.
Ela sempre faz isso ¬¬' fica com aquela cara amarrada e pensa em abrir mão dele, mas sempre se arrepende haha!
Não posso deixar de dizer que entendo a revolta dela diante do tanto de dificuldades que está passando. Ô sorte viu!? Só não ganha de mim! 
É problema atrás de problema! Super me identifiquei na cena em que ela desabafa aos 4 ventos que está cansada de apenas sofrer, sendo que só quer levar uma vida simples e feliz, quando de repente surge um urso enorme e feroz querendo atacá-la. É nessa parte que a moça se vê diante da grande questão: agora eu sento, choro e reclamo ou vou à luta?
Lembrando-se de que ela é uma "erva daninha", Tsukushi mete um soco na cara do urso (se recordando de quando bateu no Tsukasa pela primeira vez).
Porém no meio disso tudo, a anta acaba perdendo o colar de Saturno! A protagonista se enfraquece e quase desmaia na praia e quem é que vai salvá-la? Tsukasa como sempre!
Daí de novo ela percebe que, na verdade, ele é uma pessoa maravilhosa. Achei lindo o esforço dele em conseguir comida para os dois e, cuidar dela... É incrível ver o quanto ele mudou! Se tornou uma pessoa muito melhor!
Quase tive um infarto na cena em que a moça conta a ele que perdeu o colar:
- Doumyouji eu perdi o colar de saturno que você me deu.
- silêncio - 
- Ele era nosso precioso...
- Não importa Tsukushi, você sempre será mais preciosa para mim.

CHOREI nessa parte, não foi exatamente esse o diálogo, mas é como eu me lembro rs.
Passada a crise e DR, os dois vivem momentos muito felizes na ilha! Ownt, é tão bonitinho ver um lavando o cabelo do outro!
Eles são salvos e, enfim, descobrimos o que está por trás de todo o roubo da tiara!
Ai que raiva quando eu descobri! Foi tudo uma grande armação feita por um velho amigo da mãe do Tsukasa, a pedido dos pais da própria Tsukushi! Eles queriam saber se o amor dos filhos era realmente resistente.
A boa notícia é que o nosso lindo casal superou todas as dificuldades e desempenharam a missão com sucesso!
O casamento deles foi lindo! CHOREI HORRORES!
Gostei bastante do final, só acho que eu deveria ter sido contratada para terminar como par romântico do Rui u.u (já que o Tsukasa já tem a Tsukushi e o coitado ficou alone) kkkkkkkkkkkkkkkk.
Ai tem tantas outras coisas para falar sobre esse filme sugoi! Mas deixa para uma outra hora ;)



Ahhhhhhh e para fechar com chave de ouro: 


A imagem diz tudo né? :')


Aprendi uma bela lição com Hana Yori Dango Final, vide minha conversa com uma amiga no face:
"Armaram tudo para se certificarem de que eles seriam felizes juntos
T_T
a tal da tiara era falsa
isso representou o amor verdadeiro
não existe nenhum objeto que dê sorte
o amor verdadeiro não pode ser visto
mas sentido
eu chorei tanto
aprendi que às vezes, os pais permitem que os filhos passem por situações super difíceis
para crescer e enfim, serem felizes de fato
então, eu acho que isso se aplica a mim
mas no caso, estou sozinha
kkkkkk
Papis está permitindo que eu passe por todas essas provas
Papis = Deus
para que eu enfim possa ser feliz" 

Pois é minha gente, a vida é um belo dorama! Assistam HYD Final!
Espero que eu também tenha um final feliz! Ainda estou na ilha deserta!
Ass: a manteiguinha derretida





Trailer


E de presente... eu não poderia deixar de postar um clipezinho romântico haha




Vídeos* Especial 2 anos sem Harry Potter

Hi, my lovely readers! Hoje fazem exatos 2 anos que Harry Potter acabou..
Eu não poderia deixar de prestar minha homenagem à melhor saga do universo! Todos sabem o quão louca-apaixonada por HP eu sou! Quando deu meia-noite (ontem), eu comecei a chorar de emoção me lembrando do dia em que eu saí da sala do cinema com o coração apertado, pois Harry Potter havia terminado. No Face, os fãs fizeram uma grande homenagem à saga, todos postaram a palavra "Always" quando bateu as 00:00 hrs. É tão lindo ver que apesar de dois anos terem se passado, nosso amor por HP só aumenta. De fato, eu vejo todos os dias que ainda existem muuitas pessoas postando coisas sobre a série, comentando, conversando, reavivando tudo o que um dia nos fez sair do mundo dos trouxas.
Harry Potter JAMAIS acabará, disso eu tenho certeza! Cada fã é uma horcrux da saga e, a todo momento, novos fãs surgem! 
Selecionei alguns vídeos especiais sobre Harry e todo seu universo, de modo que possamos matar um pouco da saudade terrível que nos consome.
Só de assisti-los, eu sinto uma alegria tão grande em meu coração! HP é a única saga que consegue despertar tais sentimentos tão intensos em mim. Voilá!


 10 cenas marcantes de Harry Potter




Tributo a Harry Potter


Cenas deletadas


O fim de uma era



Magic Works

Relatos - Buenos Aires - Iniciando a Minha Primeira Grande Viagem!!!

   Olá pessoal! Como vão todos? Confesso que devo pedir um milhão de desculpas para a nossa querida Thaís porque prometi tantas postagens de temas tão variados, que seriam as minhas opiniões das várias peças musicais que assisti desde a minha última postagem (que foi em Janeiro de 2012), que variam desde o péssimo "Xanadu" ao maravilhoso espetáculo de "The Lion King". Então me prometi retornar dizendo o meu testemunho ao protesto que aconteceu aqui em Sumaré. Tinha várias fotos, videos, tudo muito lindo. Mas infelizmente perdi o meu celular no meio da "muvuca", e lá se vão a mídia linda e minha vontade de escrever um post de um acontecimento histórico da cidade.

   Mas não quero me estender pra caramba! Quero dizer logo o motivo do post! Agora que finalmente consegui férias tanto da Unicamp quanto do serviço, vou conseguir realizar um dos sonhos que sempre tive: fazer a minha viagem internacional. Claro que meu sonho seria bem melhor se fosse para Nova York, Londres, Paris ou Nashville (como um grande fã de música country, me sinto na obrigação de ir nessa cidade americana e surtar loucamente). Mas como dinheiro anda curto comigo, ainda não irei para essas cidades maravilhosas. Mas não significa que o meu destino será uma cidade ruim. Bem o contrário. Meu interesse por ela era grande e não poderia me sentir "vivido" sem passar por lá. E que cidade seria ela?

Foto do Obelisco
BUENOS AIRES!!! Capital da Argentina!!! A Paris Americana!!!

   Não tem a noção do quanto eu estou ansioso para viajar para lá! Vou sair com o destino de ir a cidade na próxima quinta. Já estão acertados as passagens, o hotel, tudinho! Faltam mesmo as malas e as ideias para executar. Vou tentar o máximo conseguir anotar as minhas "aventuras" internacionais e postar tudo aqui com exclusividade.

Coisas que com certeza irei fazer / ver / sentir em Buenos Aires
    Obelisco
   Já postada a foto (e colocando mais uma outra dele), o Obelisco é um marco na cidade. Meio que um Cristo Redentor para o Rio de Janeiro. (e para Sumaré também, não? *risos*) O melhor de tudo é que o hotel onde estarei hospedado é bem perto do Obelisco! Terei uma ótima visão da cidade e vou querer passar por lá muitas vezes.

Rua Florida
   O que seria de uma cidade grande seu seu próprio calçadão para compras? Também bem próximo do hotel, a rua Florida é uma atração imperdível de entrar sem comprar uma bugiganga. De tão pertinho que é impossível não ir por lá.




       Galería Pacífico
   Um shopping center com uma arquitetura europeia e com pinturas na sua cúpula, me fazendo lembrar a Capela Sistina, de Roma? Também na rua Florida, só de ver essa foto do shopping me faz sentir na Europa, com suas obras de arte lindíssimas. Obrigação de fazer compras e me sentir chique na Galería Pacífico.



Livraria El Ateneo
Era uma vez um teatro que virou cinema, que virou livraria e que virou algo lindo e um sonho para Thaís. Eleita pelo The Guardian como a segunda livraria mais linda do mundo, El Ateneo segue o mesmo motivo da Galería Pacífico: apenas alguns minutos de caminhada até lá e pela arquitetura que me fazem chorar. Vou ficar no El Ateneo por muitas e muitas horas.


     Cementerio de la Recoleta
   Ok! Eu sei que é uma atração extremamente mórbida querer visitar um cemitério, mas estamos falando de um dos cemitérios mais famosos do mundo, com várias personalidades da Argentina enterrados lá. Se bem que a única personalidade interessado em ver seria a Eva Péron, uma das mulheres mais importantes da história do país, por que não dizer do mundo?
El Caminito
Lembro que quando criança, quando falavam de Buenos Aires, sempre me mostravam fotos dessas casinhas coloridas que achava bonitinho. Essas casinhas são de El Caminito, que ficam no bairro La Boca. Bem curioso para ver de perto elas!



    
    La Bombonera
   Taí algo que vai ser diferente de ir. Particularmente não gosto de futebol, mas ir pra Buenos Aires sem passar perto do estádio do Boca Juniors? Vai ser bem difícil...
Museo Nacional de Bellas Artes
    Impossível ir numa cidade grande sem ir uma vez a algum museu de lá. Ainda mais se nesse museu possuir obras de Picasso, Van Gogh e Monet.

Casa Rosada
Ir para a capital de um país sem ao menos dar uma passadinha na casa presidencial? Então não fui para uma capital.
     Puerto Madero
    Região portuária de Buenos Aires e bastante conhecida pelos ótimos restaurantes. Como todo gordo, só pensar em experimentar um churrasco argentino (já sabendo que lá possuem uma das melhores carnes do mundo), me dá muita água na boca.






Tango
Ir para Argentina sem ir ver, pelo menos, um show de Tango, então nunca fui pra Argentina e gastei meu dinheiro para um lugar aí. Obrigação de ver! Pode tanto ser de uma casa de show quanto um tango de rua.




   Frio
   A maior das certezas citadas! Vou na cidade em pleno inverno e numa cidade naturalmente fria. O inverno de lá obviamente deve ser diferente do nosso inverno daqui.  Ficarei que nem um pinguim! *risos*
Ai, ai... Agora acabo meu texto, mas inicio as minhas postagens sobre tudo o que vai acontecer comigo na capital argentina, como pedido de desculpas por ficar tanto tempo sem postar. Encerro aqui postando um vídeo do filme musical Evita, com a música Buenos Aires, interpretada pela eterna rainha do pop Madonna, onde mostra a chegada da Eva Perón  na cidade. Então, beijos para todos e me desejem sorte e muita coisa legal pra dizer aqui. ;)

... just a little touch of a star quality

Movie* Meu Malvado Favorito 2

Hi, my lovely friends! Como estão? Espero que muito bem!
Dia desses eu fui realizar o sonho da minha irmã de 10 anos haha. Levei-a para assistir Meu Malvado Favorito 2 em 3D.
Carambola, como foi bom! Me diverti bastante!
Sinopse
Gru (voz de Steve Carell/Leandro Hassum) mudou radicalmente sua vida e agora seu negócio é se dedicar as filhotas Agnes, Edith e Margo, deixando de lado os tempos de vilão. Ele só não contava que seu passado de "ladrão da Lua" pudesse falar mais alto e ser responsável pelo seu recrutamento, através da AVL (Liga Anti-Vilões), para salvar o mundo na companhia da adorável agente Lucy (Kristen Wiig/Maria Clara Gueiros). Juntos, eles precisam localizar o criminoso que roubou a fórmula PX41, e Gru desconfia que um antigo "concorrente", chamado El Macho (Beijamin Bratt/Sidney Magal), possa ser o responsável por essa maldade. Para completar os problemas, o parceiro Dr. Nefário (Russell Brand/Luiz Carlos Persy) resolver abandoná-lo, colocando em risco o bom humor dos hilários Minions. O que será que vai acontecer?
Fonte: Adoro Cinema

Para quem conhece o blog, sabe que eu adorei o filme 1. A sequência não deixou a desejar! Eu ri do início ao fim e estou rindo até agora, só de lembrar.
Foi muito bom rever o Gru, a fofa da Agnes e suas irmãs! O nosso malvado favorito mudou completamente o estilo de vida e agora resolveu ser um pai de família. O filme começa com a festa de aniversário da pequena Agnes, no qual Gru faz uma belíssima aparição rs. 
O objetivo da vizinha intrometida do ex-vilão é desencalhá-lo! Mas Gru não quer saber de namorada, pois é um pouco traumatizado. 
Acontece que o destino faz a gente enfrentar nossos medos da melhor forma possível né...
Num belo dia, ele é sequestrado pela cativante agente Lucy! Eu adorei ela, muito doidona haha!
O Sr. Bundóvski (haaha bunda! kk) conta para Gru sobre o terrível plano do mal de um misterioso vilão e, assim, pede que ele o ajude a descobrir quem é o malvadão.
Gru hesita, mas se junta à Lucy de modo a tentar desvendar o mistério.
A partir daí é só risada, ação e emoção! Lucy e Gru se metem nas maiores enrascadas juntos e, enquanto isso, o malvado favorito se vê diante do grande problema que todo pai tem que enfrentar: ver a filha pré-adolescente se apaixonando. 
O melhor do filme como sempre corresponde aos adoráveis e engraçadinhos minions! Eles dão graça ao filme, eu morri de rir em todas as cenas em que eles estão presentes! As apresentações musicais do filme o fecham com chave de ouro!
Gostei bastante do desenrolar da produção e também do desfecho! Super recomendo!
Você não pode perder essa!  



P.S: Eu sei imitar perfeitamente a voz do Gru (me-do)!




As maravilhosas músicas dos minions!



Melhores do que as originais!