Books* Baby, Você me Ama

Hi, my friends! Fiquei um tempo sem postar, pois estava curtindo meus últimos dias em São Paulo. Depois  omento um pouco sobre como foi a viagem! Lá na "terra da garoa" (acho que está mais para "terra da tempestade" haha), eu terminei de ler "Baby, Você me Ama". Esse livro tem um significado especial para mim, pois veio parar em minhas mãos de uma forma inesperada. No ano passado, fui auxiliar da minha professora na faculdade, nas aulas de Leitura e Escrita da turma do primeiro ano. Qual não foi minha surpresa ao descobrir que uma das alunas era a autora desse livro! A Thaty é um amor de pessoa, fez a gentileza de me presentear com o livro!
Agora contarei o que achei!

Sinopse
Bea tem 17 anos, um ex namorado pé no saco, notas baixas na escola, uma porção de amigos, adora chocolates, skate, artes marciais e jóias. Como qualquer garotas de sua idade. Mas uma coisa a diferencia das demais, uma coisa que a torna única dentre cem mil outras adolescentes: Seu implicante e sempre-perfeito irmão gêmeo Peter.
Eu sei, não parece grande coisa. E, segundo Bea, não é mesmo. Até que o garoto decide revelar seu próprio sonho: tornar-se um grande jornalista, de preferência um enviado internacional, bem longe de sua irmã desmiolada. E é seguindo esse sonho que ele acaba por levar Bea a se apaixonar pelo renomado editor de 36 anos, Leonardo Ortiz.
Porém, um obstáculo promete dar a essa garota muita dor de cabeça: Léo está noivo, e a cada dia o grandioso casamento se aproxima. Bea não pensa duas vezes; lutará por ele, sem medir qualquer conseqüência. Afinal, é uma lutadora.
Mas o que acontecerá quando a noiva dele voltar, trazendo as verdades bem guardadas em sua mala?


A Bea é uma figura fortíssima! Ela vai atrás do que quer com uma vontade incrível! No entanto, às vezes passa um pouco (ou muito rs) dos limites. Aos poucos, vamos aprendendo diversas lições com essa história singular.
A protagonista não é estereótipo, difere de todo clichê de personagem feminina que eu já vi! Creio que foi por isso que me apeguei tanto a ela. A garota não faz questão de agradar ninguém e não deixa sua vida à deriva, dá a louca nela... ela vai lá e faz o que sente que deve ser feito (o que a coloca em várias roubadas rs). A forma como as vidas de Bea e Leo se cruzam é impressionante e MUITO MUITO louca! Sendo mais velho que a moça, ele é totalmente seu oposto. Leo é passivo, certinho e limitado.. mas tem um charme irresistível. Essa mistura entre personalidades tão diferentes acaba dando certo, pois um complementa o outro. O desenrolar da história é bem divertido e emocionante.
Eu ri, fiquei com raiva, vibrei de alegria... enfim... emergi na história! Gostei bastante do final e fiquei encantada com o Peter haha.
A leitura é bem gostosa, é muito interessante ler sobre uma paixão entre uma garota de 17 anos e um cara de 36 (não, eu não fiquei imaginando um romance entre eu e o Ian... não haha).
Bea se mete em um rolo atrás do outro, mas são esses rolos que a constroem (bem como sua história).
Uma das lições mais importantes que tirei do livro é: Às vezes, é melhor não apressar as coisas. Em certas ocasiões é melhor esperar que os acontecimentos fluam sem interferência, sem que tomemos atitudes e corramos desesperadamente atrás do prêmio final.
Recomendo a leitura!


2 comentários:

  1. Ai Thais!!! não sabia que vc tinha blog, que lindo!!
    Adorei tudo aqui! Agora vou ter que vir sempre aqui, viu? hehe
    Ah, e é claro que amei sua resenha^^ Faz meu livro parecer muito bom, na verdade (e meio maluquinho também)
    Nossa,adorei mesmo querida
    Já vou colocar na página do livro
    Beijão!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O blog já fez 2 aninhos *-* Fico muito feliz que tenha gostado!! Ahh, volte sempre kkk!
      Mas seu livro é realmente maravilhoso, mal posso esperar pelo próximo!E obrigada pela oportunidade de lê-lo!!!
      Bjux!

      Excluir